Bolsa de Tucum e Mulungu | Parakanã

BOLSAS:
Ao tecer a resistente linha de Tucum, as mulheres Parakanã tecem a própria resistência. Tradicionalmente a linha de tucum era usada para fazer as redes de dormir, tipóias para carregar crianças e as amarrações dos cestos, mas com uma grande vontade de criar novas oportunidades para gerar renda para suas comunidades, as artesãs vêm expandindo suas habilidades para criar lindas e sofisticadas bolsas.

Medidas Aproximadas: Comprimento 34 cm x Altura 25 cm

R$ 228,00

em até 6x de R$ 38,00

Ou R$ 216,60 à vista no boleto ou pix.

Enviado com sucesso!

Houve um problema ao enviar.

calcule o frete

Não sabe o seu CEP?
PRECIFICAÇÃO TRANSPARENTE
Bolsa de Tucum e Mulungu | Parakanã
Bolsa de Tucum e Mulungu | Parakanã
Bolsa de Tucum e Mulungu | Parakanã
Bolsa de Tucum e Mulungu | Parakanã
Bolsa de Tucum e Mulungu | Parakanã
Bolsa de Tucum e Mulungu | Parakanã
Bolsa de Tucum e Mulungu | Parakanã
Bolsa de Tucum e Mulungu | Parakanã
Bolsa de Tucum e Mulungu | Parakanã
Bolsa de Tucum e Mulungu | Parakanã
Bolsa de Tucum e Mulungu | Parakanã
Bolsa de Tucum e Mulungu | Parakanã
Bolsa de Tucum e Mulungu | Parakanã
Bolsa de Tucum e Mulungu | Parakanã
Bolsa de Tucum e Mulungu | Parakanã
CONHEÇA A ETNIA QUE PRODUZIU ESTE PRODUTO
Parakanã
CONHEÇA A ETNIA QUE PRODUZIU ESTE PRODUTO
Parakanã

PARAKANÃ

Os Parakanã são falantes falantes da língua tupi-guarani e desde uma cisão interna ocorrida no final do século XIX, dividem-se entre Orientais, habitantes da TI Parakanã, na bacia do rio Tocantins e Ocidentais, que vivem na TI Apyterewa, na bacia do rio Xingu.Autodenominados Awaeté, que quer dizer em tupi “gente verdadeira”, os Parakanã que habitam o rio Xingu trazem muitos aspectos de uma história de contato relativamente recente com os Toria (não-indígenas ou “brancos”), realizado em dado dos anos 70, em sua organização social.

Fonte: Instituto Socioambiental/ISA

SUCESSO
FALHA
AUTONOMIA

AUTONOMIA

Promovemos a autonomia das organizações nas tomadas de decisão.

EQUILIBRÍO FINANCEIRO

EQUILIBRÍO FINANCEIRO

Relações equilibradas e simétricas que valorizam os modos de vida das populações tradicionais e indígenas.

ATIVISMO

ATIVISMO

Usamos nossos canais de comunicação para promover e engajar a sociedade à pauta do movimento indígena do Brasil.

MONITORAMENTO DE IMPACTO

MONITORAMENTO IMPACTO

Acompanhamos os impactos gerados com a venda dos artesanatos nas comunidades e em seus territórios.

TRANSPARÊNCIA

TRANSPARÊNCIA

Existência de espaços democráticos de negociação e diálogos entre as partes e transparência no acesso à informação e nas negociações.

PARCERIA

PARCERIA

Construímos parcerias sólidas e duradouras com as Artesãs e suas comunidades.